.

.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

JUSTIÇA CASSA PREFEITO E QUEM PAGA É O POVO

O juiz da 51ª Zona Eleitoral, Isaac Diego Silva, cassou os diplomas do prefeito e o vice-prefeito de Magalhães de Almeida, Tadeu de Jesus Batista de Sousa (PMDB) e Francisco das Chagas Vieira (PP), por abuso de poder político e econômico praticados durante a eleição de 2016.

A questão é que a partir de agora serão gastos tubos de dinheiro, do contribuinte, com advogados, Ministério Público, Justiça Eleitoral, com políticos e desembargadores. “Todo mundo” vai querer tirar um pouco do prefeito cassado (que não devia nem ter sido eleito) e ele vai pagar para ficar no mandato. É liminar que não acaba mais e a conta quem vai bancar é a população de Magalhães de Almeida.

ENQUANTO ISSO...

Os corruptos do Executivo, Legislativo e Judiciário estão desfrutando de suas mordomias, curtindo em suas mansões, andando em seus carros de luxo, comendo do melhor, usufruindo de tratamento vip, de aposentadorias vultosas, filhos em escolas pagas por nós, os melhores planos de saúde, gasolina de graça, recebendo mensalinhos e mensalões, participando das melhores festas e bebendo as mais finas bebidas e livres da cadeia. Eles curtem a vida adoidado. E, nós vendo a lava jato morrer e não fazendo nada, votando no Lula e, ainda, rendendo homenagem a quem nos rouba.

Até quando?

LAMA NO VENTILADOR DO PT

O ex-ministro Antônio Palocci deverá incluir em sua delação, além do ex-presidente Lula, pessoas que se beneficiaram do esquema de corrupção nos governos petistas. Do tipo frio, calculista, que não se emociona por nada, Palocci deve envolver empresários, inclusive da área de comunicação, e banqueiros que se locupletaram de decisões do governo. Palocci estaria com sede de vingança, dizem fontes do PT. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

PALÁCIO DOS LEÕES ABRE OS COFRES...

A citação do nome do governador na operação Lava Jato, por ter sido acusado de receber dinheiro do caixa 2 da Odebrecht, e o próprio desgaste da sua gestão, ao que parece, obrigaram Flávio Dino a se aproximar dos políticos, notadamente dos prefeitos. E pouco importa quem são eles.
E, neste sentido, abriu os cofres e afinou o diálogo para convencer ampla maioria dos prefeitos e receber as ajudas e benesses do Palácio dos Leões e, com isso, fortalecer o projeto de reeleição a qualquer custo.
Ontem, Flávio Dino recebeu o sarneysta Fufuca Dantas, atual prefeito de Alto Alegre do Pindaré, que já foi membro da equipe da ex-governadora Roseana Sarney, para uma conversa que só Deus e as paredes dos Leões sabem. De lá, o prefeito saiu rindo com as paredes e o governador ficou com a certeza de que derrubou menos um apoio à filha de Sayney.
A contrapartida do governo envolve dinheiro direto (convênios) ou indireto através de obras que o Executivo levará, como programas Mais Asfalto, reforma de escolas e outros.
Os próximos passos estão sendo construídos para trazer o maior número de prefeitos aliados da ex-governadora. Com os de Imperatriz e Barreirinhas acordos estão sendo sinalizados.

Fonte: Luís Cardoso

terça-feira, 25 de abril de 2017

MAIS UMA PESSOA MORRE ATINGIDA POR RAIO NO MARANHÃO

Mais uma pessoa foi a óbito vítima de uma forte descarga elétrica provocada por um raio no interior do Maranhão em menos de dois dias.
Nesta segunda-feira (24), um jovem de 23 anos identificado como Ezequiel Marques da Silva, morador da cidade de Presidente Juscelino, na Região do Munin, faleceu após receber uma forte descarga enquanto assistia TV em casa. No momento do incidente chovia e trovejava muito na cidade.
Ezequiel era filho do ex-vereador Jacó do povoado Pariqui. Ele chegou a ser socorrido mas faleceu no hospital municipal.
Neste fim de semana três pessoas de uma mesma família morreram na cidade de Cachoeira Grande nas mesmas circunstâncias. Durante um forte temporal, um raio caiu sobre uma casa atingindo todos os cinco moradores dela. Morreram Mariete Silva (28 anos) que estava grávida e mais dois filhos dela, Yago, de 6 anos, e Valderson, de 8. O marido identificado como Valdir e o filho caçula também foram atingidos pela descarga elétrica. Ambos foram socorridos com vida, mas em estado grave para o hospital Municipal Dr. Clementino Moura, o Socorrão II na Cidade Operária em São Luís.
Fonte: Blog do Minard 

GOVERNO CORTA R$ 224 MILHÕES DA EDUCAÇÃO DO MA; SALÁRIOS DE PROFESSORES AMEAÇADOS

O governo federal publicou ontem, (24), no Diário Oficial da União portaria oficializando o corte de nada menos que R$ 224 milhões da Educação do Maranhão. O recurso é referente a adiantamentos do Fundeb que haviam sido feitos em 2016.
O Estado e os 217 municípios maranhenses já sabiam que teriam que devolver esse recurso neste ano, mas havia um compromisso de que isso fosse feito de forma parcelada, segundo revelou o presidente da Famem, Cleomar Tema (PSB). Ele esteve reunido com membros da bancada federal do Maranhão em Brasília.
Segundo dados apresentados, dos R$ 224 milhões cortados, R$ 47 milhões saíram da educação estadual e R$ 177 milhões da educação dos municípios maranhenses.  Além do Maranhão, foram afetados com cortes os estados do Ceará (R$ 164 milhões); Bahia (R$ 70 milhões); e Paraíba (R$ 35 milhões).

Fonte: Blog do Gilberto Léda

PREFEITURA E CÂMARA DE VEREADORES DE COELHO NETO NÃO CUMPREM A LEI DA TRANSPARÊNCIA

Leis que exigem transparência dos gestores públicos já existem há alguns anos no Brasil, mas ainda não é possível dizer que elas pegaram no Maranhão. Pelo menos quando se trata de prefeituras e câmaras municipais. Levantamento com base em dados abertos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) mostra que, a despeito das ações da própria Corte de Contas e do Ministério Público do Maranhão, 88 prefeitos e 216 presidentes de câmaras pouco se importam em se adequarem à legislação.

Criada em 2009, a Lei da Transparência dava quatro anos para que os municípios de até 50 mil habitantes passassem a ter um portal na internet em tempo real com informações sobre receitas e despesas. Para as cidades maiores, o prazo era menor. Em 2011, foi aprovada a Lei de Acesso à Informação (LAI), permitindo que qualquer cidadão pudesse encaminhar um pedido de informação aos órgãos públicos. Contudo, nem todos observam as normas ou fingem observá-las, lançando sites de fachada, que não fornecem qualquer informação sobre os gastos públicos, o que facilita a ladroagem com o dinheiro do contribuinte.

Pela lei, além do risco de enquadramento em improbidade administrativa, o que pode resultar até na cassação do mandato, a suspensão das transferências voluntárias é uma das medidas que deveria ser adotada pelo órgão de fiscalização e controle contra os gestores. Todavia, embora o governo estadual tenha desrespeitado essa norma e garantido aos aliados repasses à margem da lei no período carnavalesco, até agora, não houve nenhuma informação pública por parte do TCE-MA ou do MP-MA combatendo esse tipo de irregularidade.

Isso em referência aos prefeitos descumpridores da Lei da Transparência e da LAI — e, por tabela, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Quando se trata de presidentes de Câmara, a inércia ou lentidão do tribunal de contas e do Parquet na fiscalização são ainda mais graves. Segue a lista das prefeituras e câmaras municipais que ainda não cumprem a Lei da Transparência e a Lei de Acesso à Informação:
Prefeituras
1. Afonso Cunha
2. Água Doce do Maranhão
3. Aldeias Altas
4. Altamira do Maranhão
5. Alto Alegre do Pindaré
6. Anajatuba
7. Anapurus
8. Apicum-Açu
9. Araioses
10. Arame
11. Bacuri
12. Barra do Corda
13. Barreirinhas
14. Belágua
15. Benedito Leite
16. Boa Vista do Gurupi
17. Bom Jesus das Selvas
18. Brejo
19. Buriti Bravo
20. Buriticupu
21. Buritirana
22. Cachoeira Grande
23. Cajapió
24. Cândido Mendes
25. Cedral
26. Central do Maranhão
27. Centro Novo do Maranhão
28. Coelho Neto
29. Conceição do Lago-Açu
30. Coroatá
31. Dom Pedro
32. Formosa da Serra Negra
33. Fortuna
34. Godofredo Viana
35. Governador Edison Lobão
36. Governador Luiz Rocha
37. Governador Newton Bello
38. Governador Nunes Freire
39. Guimarães
40. Itapecuru Mirim
41. Joselândia
42. Junco do Maranhão
43. Lago Verde
44. Lajeado Novo
45. Luís Domingues
46. Magalhães de Almeida
47. Marajá do Sena
48. Matões do Norte
49. Miranda do Norte
50. Monção
51. Morros
52. Nova Colinas
53. Nova Iorque
54. Nova Olinda do Maranhão
55. Olho d'Água das Cunhãs
56. Palmeirândia
57. Parnarama
58. Pastos Bons
59. Paulino Neves
60. Penalva
61. Pinheiro
62. Pio XII
63. Pirapemas
64. Porto Franco
65. Porto Rico do Maranhão
66. Presidente Juscelino
67. Presidente Vargas
68. Primeira Cruz
78. Santa Inês
70. Santa Quitéria do Maranhão
71. Santana do Maranhão
72. São Bento
73. São Bernardo
74. São Francisco do Maranhão
75. São João Batista
76. São João do Carú
77. São João do Paraíso
78. São João do Sóter
70. São José dos Basílios
80. São Vicente Ferrer
81. Sucupira do Norte
82. Sucupira do Riachão
83. Tasso Fragoso
84. Timbiras
85. Turiaçu
86. Tutóia
87. Vargem Grande
88. Vitória do Mearim
Câmaras Municipais
1. Açailândia
2. Afonso Cunha
3. Água Doce do Maranhão
4. Alcântara
5. Aldeias Altas
6. Altamira do Maranhão
7. Alto Alegre do Maranhão
8. Alto Alegre do Pindaré
9. Alto Parnaíba
10. Amapá do Maranhão
11. Amarante do Maranhão
12. Anajatuba
13. Anapurus
14. Apicum-Açu
15. Araguanã
16. Araioses
17. Arame
18. Arari
19. Axixá
20. Bacabal
21. Bacabeira
22. Bacuri
23. Bacurituba
24. Barão de Grajaú
25. Barra do Corda
26. Barreirinhas
27. Belágua
28. Bela Vista do Maranhão
29. Benedito Leite
30. Bequimão
31. Bernardo do Mearim
32. Boa Vista do Gurupi
33. Bom Jardim
34. Bom Jesus das Selvas
35. Bom Lugar
36. Brejo
37. Brejo de Areia
38. Buriti
39. Buriti Bravo
40. Buriticupu
41. Buritirana
42. Cachoeira Grande
43. Cajapió
44. Cajari
45. Campestre do Maranhão
46. Cândido Mendes
47. Cantanhede
48. Capinzal do Norte
49. Carolina
50. Carutapera
51. Caxias
52. Cedral
53. Central do Maranhão
54. Centro do Guilherme
55. Centro Novo do Maranhão
56. Chapadinha
57. Cidelândia
58. Codó
59. Coelho Neto
60. Colinas
61. Conceição do Lago-Açu
62. Coroatá
63. Cururupu
64. Davinópolis
65. Dom Pedro
66. Duque Bacelar
67. Esperantinópolis
68. Estreito
69. Feira Nova do Maranhão
70. Fernando Falcão
71. Formosa da Serra Negra
72. Fortaleza dos Nogueiras
73. Fortuna
74. Godofredo Viana
75. Gonçalves Dias
76. Governador Archer
77. Governador Edison Lobão
78. Governador Eugênio Barros
79. Governador Luiz Rocha
80. Governador Newton Bello
81. Governador Nunes Freire
82. Graça Aranha
83. Grajaú
84. Guimarães
85. Humberto de Campos
86. Icatu
87. Igarapé do Meio
88. Igarapé Grande
89. Imperatriz
90. Itaipava do Grajaú
91. Itapecuru Mirim
92. Itinga do Maranhão
93. Jatobá
94. Jenipapo dos Vieiras
95. João Lisboa
96. Joselândia
97. Junco do Maranhão
98. Lago da Pedra
99. Lago do Junco
100. Lago Verde
101. Lagoa do Mato
102. Lago dos Rodrigues
103. Lagoa Grande do Maranhão
104. Lajeado Novo
105. Lima Campos
106. Loreto
107. Luís Domingues
108. Magalhães de Almeida
109. Maracaçumé
110. Marajá do Sena
111. Maranhãozinho
112. Mata Roma
113. Matinha
144. Matões
115. Matões do Norte
116. Milagres do Maranhão
117. Mirador
118. Miranda do Norte
119. Mirinzal
120. Monção
121. Montes Altos
122. Morros
123. Nina Rodrigues
124. Nova Colinas
125. Nova Iorque
126. Nova Olinda do Maranhão
127. Olho d'Água das Cunhãs
128. Olinda Nova do Maranhão
129. Paço do Lumiar
130. Palmeirândia
131. Paraibano
132. Parnarama
133. Passagem Franca
134. Pastos Bons
135. Paulino Neves
136. Paulo Ramos
137. Pedreiras
138. Pedro do Rosário
139. Penalva
140. Peri Mirim
141. Peritoró
142. Pindaré-Mirim
143. Pinheiro
144. Pio XII
145. Pirapemas
146. Poção de Pedras
147. Porto Franco
148. Porto Rico do Maranhão
149. Presidente Dutra
150. Presidente Juscelino
151. Presidente Médici
152. Presidente Sarney
153. Presidente Vargas
154. Primeira Cruz
155. Raposa
156. Riachão
157. Ribamar Fiquene
158. Rosário
159. Sambaíba
160. Santa Filomena do Maranhão
161. Santa Helena
162. Santa Inês
163. Santa Luzia
164. Santa Luzia do Paruá
165. Santa Quitéria do Maranhão
166. Santa Rita
167. Santana do Maranhão
168. Santo Amaro do Maranhão
169. Santo Antônio dos Lopes
170. São Benedito do Rio Preto
171. São Bento
172. São Bernardo
173. São Domingos do Azeitão
174. São Domingos do Maranhão
175. São Félix de Balsas
176. São Francisco do Brejão
177. São Francisco do Maranhão
178. São João Batista
179. São João do Carú
180. São João do Paraíso
181. São João do Sóter
182. São João dos Patos
183. São José de Ribamar
184. São José dos Basílios
185. São Luís
186. São Luís Gonzaga do Maranhão
187. São Mateus do Maranhão
188. São Pedro da Água Branca
189. São Pedro dos Crentes
190. São Raimundo das Mangabeiras
191. São Raimundo do Doca Bezerra
192. São Roberto
193. São Vicente Ferrer
194. Satubinha
195. Senador Alexandre Costa
196. Senador La Rocque
197. Serrano do Maranhão
198. Sítio Novo
199. Sucupira do Norte
200. Sucupira do Riachão
201. Tasso Fragoso
202. Timbiras
203. Timon
204. Trizidela do Vale
205. Tufilândia
206. Tuntum
207. Turiaçu
208. Turilândia
209. Tutóia
210. Urbano Santos
211. Vargem Grande
212. Viana
213. Vila Nova dos Martírios
214. Vitória do Mearim
215. Vitorino Freire
216. Zé Doca


Fonte: Atual 7

segunda-feira, 24 de abril de 2017

BLOG DENUNCIA SUPOSTO “MENSALINHO” DE 4 MIL REAIS NA CÂMARA DE COELHO NETO

O Blog Direto ao Assunto, do blogueiro Milton Vieira, publicou na manhã de hoje, (24), que o prefeito Américo de Sousa estaria pagando uma suposta mensalidade para obter apoio da maioria dos vereadores na Câmara Municipal. A notícia, na íntegra, abaixo:
Segunda-feira, 24 de abril de 2017

O prefeito Américo de Sousa (PT) estaria pagando R$ 4 mil e disponibilizando dez contratos de trabalho a vereadores, para ter maioria na Câmara Municipal.

Trata-se de um vazamento de informações. O acordo, que estaria beneficiando vereadores de 7 partidos, teria começado nas articulações para eleição do vereador Osmar Aguiar (PT) à presidência da casa.

Além do pagamento individual de R$ 4 mil mensais, fora o salário, cada um dos envolvidos no esquema teria direito a dez contratos de trabalho na prefeitura. Desses, segundo as informações, apenas 4 ainda não puderam indicar nomes para as dez vagas na totalidade. São os que o prefeito e sua cúpula consideram “não confiáveis”, por terem comportamento explosivo e atitudes duvidosas no trato com os interesses do Executivo.

O esquema pode estar subtraindo dos cofres públicos algo superior a R$ 150 mil por mês, dinheiro que poderia está sendo aplicado na Saúde, na recuperação de logradouros públicos, reforma de escolas, etc.

Realmente, o que se observa são parentes de vereadores ocupando funções de destaque nas repartições públicas do município. Na Câmara, a imensa maioria deles permanece calada diante dos problemas da população. Visível, também, é o comportamento de uns poucos que, na condição de insatisfeitos com o prefeito, começam a demonstrar isso no tom dos discursos durante as sessões. Pelo menos dois já se declararam aos colegas oposição ao prefeito Américo de Sousa: João Paulo (PMDB) e Dr. Ricardo (PPS). Curiosamente, esses dois ficaram de fora do "Bolsa Combustível", denunciado por um blog da cidade.

Sofrendo as consequências desse jogo de interesses estão alguns contratados. Chegou à nossa redação que a prefeitura estaria demitindo servidores ligados a JP e Ricardo.

Há quem aposte numa dissidência muito maior, caso se confirme o fato de que o presidente Osmar Aguiar (PT) estaria alterando os valores da corrupção, ou seja, repassando de mais para uns e de menos para outros, como comprova a relação de distribuição do "Bolsa Combustível", em que o vereador Moabe Branco (PSD) aparece com um crédito de R$ 540, ou seja, R$ 40 a mais que os outros.

A nossa redação tentou contato com o presidente Osmar Aguiar para saber a versão dele sobre esse suposto mar de lama na Câmara Municipal, mas o mesmo não retornou nossas ligações. Apenas o vereador Rafael Cruz (PMDB) retornou a ligação e afirmou ter conhecimento de "boatos" sobre o hipotético "mensalinho", porém, não poderia confirmar. "Uma coisa é certa, caro blogueiro: eu, Rafael Cruz, estou fora disso", afirmou o parlamentar.  


PROFESSORES MOSTRAM EM VÍDEO QUE FLÁVIO DINO ENGANOU A CATEGORIA

Um vídeo animado montado por professores prova que o governo de Flávio Dino vive de ilusão e propaganda. Abaixo eles esclarecem que o comunista mente quando fala que aumentou o salário dos professores ou que é o segundo maior do Brasil.

Confira:
video

FAMÍLIA SARNEY FECHA VENDA DA TV MIRANTE

A família Sarney fechou negócio para a venda da TV Mirante. A emissora do clã foi vendida para a Rede Integração, uma rede de televisão afiliada à Rede Globo com sede na Zona Leste de Uberlândia, no estado de Minas Gerais.

Fernando Sarney e Sarney Filho foram os responsáveis pela da venda da Mirante de São Luís e Imperatriz ao empresário Tubal de Siqueira Silva, proprietário Rede Integração que, além da TV Integração, conta emissoras de rádio, uma operadora de TV a Cabo, uma empresa com soluções para web (Webroom) e uma produtora de vídeo (Imaginare Filmes) em Minas Gerais.

A documentação está sendo providenciada para a assinatura do contrato. Ainda não se sabe o valor da negociação.



Fonte: Blog do John Cutrim